“Uma história deveria ter um começo, um meio e um fim, mas não necessariamente nessa ordem.” — Jean-Luc Godard

Design convencional geralmente interpreta o espaço a partir de uma perspectiva euclidiana, em que o tempo é independente do espaço. O advento do cinema propõe uma arena totalmente nova para criação e design, a cinematografia, oferece uma espécie de espaço-tempo contínuo, semelhante à física relativista, onde espaço e tempo não podem ser separados um do outro. Em um cenário onde narrativa se funde a plástica (tea)m busca soluções eficientes para responder de forma elegante e eloquente à propostas narrativas.

| english | español |

(tea)m desenvolve projetos em animação 3D, vídeo, efeitos visuais, cenografia digital, pós-produção e compositing para peças publicitárias, artísticas e filmes de arquitetura.